Blog

Negócios

Construtora foca em gestão por informação e ‘turbina’ vendas online

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

 

A exemplo de diversos setores da economia brasileira, o mercado imobiliário vem atravessando um 2017 pouco auspicioso. De acordo com a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), o ano já começou com valores financiados 7% menores e redução de 10% no número de unidades com relação ao início de 2016 — que, por sua vez, era um período em que a conjuntura financeira já estava desfavorável, de modo geral.

 

Ainda assim, uma incorporadora de São Paulo conseguiu alcançar mais clientes via internet e encontrar uma solução em meio à crise. Como? Investindo em uma gestão mais inteligente, feita a partir de informações coletadas internamente e externamente.

 

A Trisul acumula mais de três décadas de trajetória. Porém, a exemplo da maioria de suas pares, vinha sofrendo os efeitos do pessimismo e da instabilidade do país.

 

Mas, em vez de se conformar em reduzir suas operações e esperar (sabe-se lá por quanto tempo…) por um momento mais propício para os negócios, a empresa voltou seus aportes para consultoria de mercado, marketing digital e business intelligence, isto é, implementou um uso mais sofisticado de informações que passou a monitorar e coletar no seu ramo de atuação e na própria dinâmica interna da organização.

 

Após contratar um serviço terceirizado, a construtora pôde compreender como prospectar clientes de modo mais assertivo, sobretudo no ambiente online. Resultado: os consumidores vindos por meio da internet passaram de 12% do total para 35%, mais de um terço.

 

Dessa maneira, um negócio ainda muito baseado em divulgação por suportes físicos — vide os panfletos distribuídos nos faróis e os metros quadrados de anúncios em jornais impressos — conseguiu acessar um público ainda pouco explorado no Brasil, disponível via internet por meio de redes sociais e anúncios georreferenciados em sites de busca.

 

E o seu negócio, tem conseguido fazer um uso inteligente das informações ou sofre passivamente as intempéries da economia?

 


Tags: - - -