Blog

Ideias

Memória empresarial: que histórias de sucesso seu negócio pode contar?

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

 

 

Em um mundo repleto de empresas oferecendo produtos e serviços cada vez mais parecidos, e com a concorrência sempre acirrada, solidificar a identidade de um negócio por meio da preservação da memória empresarial é muito importante. Com esse ativo fortalecido, se obtêm benefícios visíveis tanto internamente quanto nas relações com clientes e parceiros.

 

Por um lado, reforça a cultura organizacional. Isso aumenta nos colaboradores a sensação de “pertencimento”, o que reflete no engajamento da equipe e, em última instância, na melhora do desempenho da organização como um todo.

 

Por outro lado, também se promove a chamada memória social. Ou seja, melhora a maneira como a organização se comporta perante a sociedade e a percepção que se tem das contribuições do negócio para o mercado e para as pessoas de modo geral.

Quando esses dois aspectos estão alinhados e devidamente gerenciados, a memória empresarial ajuda (e muito!) no desenvolvimento da inteligência competitiva. Isso, porque fornece subsídios para novos projetos ligados a áreas nas quais a organização já atuou.

 

A gerente de projetos da Fundação Bunge, Juliana Santana, conta que, no caso da holding, “o acervo é majoritariamente composto por registros audiovisuais e iconográficos das atividades e programas, documentos textuais produzidos para divulgação dos eventos e da própria instituição”. Relatórios, prêmios, e até mesmo registros da história oral da organização são também armazenados para consulta.

 

Essa revisita ao histórico da empresa colabora, ainda, para fins de pesquisa. Ao observar com atenção o que já foi feito, é possível desenvolver novas estratégias e, em alguns casos, também novas tecnologias. A longo prazo, o impacto da memória empresarial é profundo e duradouro.

 


Tags: - - - -